fbpx

Silagem para gado em confinamento

Silagem é essencial para garantir uma boa alimentação ao gado, especialmente para aqueles que estão em confinamento. Vamos conhecer mais sobre isso no artigo a seguir.

Os sistemas de produção, tanto de gado de corte quanto de leite, dependem de sua alimentação. Portanto, a qualidade dela é um fator crítico.

 A silagem tem sido um componente importante dos programas de alimentação do gado por muitos anos.

E decerto, a tecnologia tem ajudado a alcançar índices de produtividade cada vez maiores.

Tudo isso propicia uma prática pecuária mais sustentável e eficiente – otimizando desta forma o custo por unidade que é produzida – seja em litros (de leite) ou em quilos (de carne).

Por isso, vamos ver um pouco mais neste texto sobre a silagem para gado em confinamento e como fazer para oferecer a melhor possível.

Como obter silagem de qualidade para animais em confinamento

Alguns fatores são importantes para se ter uma silagem de alto nível voltada para gado confinado. Eles são:

  • Híbridos criteriosamente selecionados;
  • Possuir uma boa tecnologia de produção;
  • Fazer a colheita no momento certo.
  • Acertar a altura correta do corte;
  • Ter partículas em um tamanho adequado;
  • Realizar compactação mesmo nos sacos de silagem;
  • Utilizar inoculante;
  • Ter cuidado em todo processo de encher, fechar e retirar a silagem para assim poder alimentar os animais.

Um dos exemplos mais adequados referentes a silagem para gado em confinamento é a de milho.

Com bastante potencial energético, além de fornecer açucares e fibras, outras partes também podem ser aproveitadas, como a palha, folhas e mesmo o sabugo.

Se for escolher esta silagem de milho, por exemplo, de preferência para os grãos que se apresentam semi-dentados – pois eles são mais simples de serem triturados.

Assim, é possível aproveitar o máximo de energia que eles possuem.

No entanto, existe uma pluralidade de tipos de silagem aqui no Brasil, e sobre isso aconselhamos ler este post aqui!

Quando fazer a colheita?

No caso do milho, quando a porcentagem de matéria seca estiver por volta de 35%, é o momento ideal para fazer a colheita.

Desta forma, irá reduzir consideravelmente as perdas por causa do armazenamento, além de ser possível realizar um corte mais fácil e limpo.

Assim, você irá conseguir partículas que serão mais uniformes entre si, facilitando assim a compactação na hora da silagem.

A hora do corte

Para o gado em confinamento, conseguir ter uma digestibilidade melhor, deve-se estar atento à altura do corte.

Em se tratando de milho, o ideal é cortar a uma altura de mais ou menos 50 centímetros, para assim conseguir melhores resultados.

Por fim, é importante sempre ficar atento às condições que se encontram fora do nosso controle, utilizar ao máximo a tecnologia presente nas ensiladeiras da Sertaneja Máquinas e sempre se valer de híbridos de empresas especialistas em silagem para alimentar o gado em confinamento.