fbpx
Silagem em Sacos

Como fazer silagem em sacos

Silagem em sacos é o assunto que vamos tratar neste post. Portanto, acompanhe para saber como funciona este processo e quais são os benefícios.

Sim, existem várias vantagens de fazer silagem e armazená-las em sacos. 

Primeiro é a qualidade da alimentação. Os sacos de silagem com 200 micras, por exemplo, retém quase toda a matéria seca e elementos nutricionais da colheita. 

Outro aspecto positivo é o processo de fermentação que é fundamental para fazer silagem de qualidade. Uma vez selada na sacola, a fermentação anaeróbica começa a transformar a nova safra em silagem. 

Para auxiliar o processo, os sacos para ensilagem são praticamente herméticos, preservando a palatabilidade, aparência, cheiro e apelo do alimento. 

Quanto menos oxigênio presente, melhor a conversão se torna, fazendo com que a alimentação retenha mais de suas propriedades energéticas e proteicas.

A silagem em sacos é também muito econômica

Além disso, a silagem no saco é muito econômica. 

É de fato um sistema de armazenamento de ração mais barato que silos ou bunkers, além de não ser preciso arcar com custos de manutenção dos mesmos.

Depois, há o fator de encolhimento e deterioração. 

Como a silagem armazenada em sacolas não tem ar que afeta o produto, se você transportar 10.000 toneladas de silagem, você terá quase 10.000 toneladas para alimentação.

Enquanto que em bunker você terá uma perda de 20%. 

Outra vantagem é a versatilidade. Em apenas um saco de 200 micras, por exemplo, é possível armazenar até 35 quilos de silagem, o que facilita bastante a vida do agropecuarista. 

E não há restrição para tipos de compostos que podem ser armazenados em uma sacola. 

Diferentes tipos de silagem podem ser facilmente mantidas em seus próprios sacos (separados). Oferecendo qualidade nutricional para alimentar vários animais.

Mas como é feita a silagem direto nos sacos? Veja a seguir!

 

Como fazer silagem em sacos

Primeiramente, pique a forragem em pedaços com cerca de 2,5 cm.

Você pode fazer com ou sem auxílio de máquinas. Se for fazer sem, um latão que tenha uma boca igual a do saco de silagem ajudará bastante.

Forre o latão com um saco plástico para silagem, para que seja mais fácil retirá-lo depois, e vá colocando a forragem dentro.

Pisar sobre o composto literalmente – para que compacte melhor – é uma boa ideia.

Antes mesmo de fechar, é bom garantir que todo ar que está dentro do saco seja retirado, portanto, comprima o composto.

Quando o saco estiver cheio, amarre e sele com lacres de nylon na parte superior.

No entanto, para demandas maiores o ideal é recorrer às máquinas de silagem, que neste caso possuem mecanismos para acoplar sacos de 200 micras,  então tornar o processo muitíssimo produtivo.

Lembre-se ainda:

  • Armazene os sacos de silagem longe de luz solar direta e chuva;
  • Para garantir que mantenha o compressão no material, pode ser necessário colocar pesos, como pedras.

Viu como é simples fazer silagem em sacos? Faça você mesmo com a ajuda de máquinas para silagem da Sertaneja Máquinas e garanta uma alimentação e qualidade para rebanhos.