fbpx

Gado de leite: 5 principais problemas na nutrição

5 Principais problemas de Nutrição do Gado de Leite

 

A nutrição do gado de leite ideal é o que garantirá a produtividade. Hoje vamos falar sobre problemas que prejudicam o desempenho do gado leiteiro.

Basicamente são dois formatos de dieta essenciais para as vacas leiteiras quando o objetivo é quantidade com qualidade.

Esses formatos devem incluir a silagem, especialmente a de milho, e uma fórmula concentrada com farelos e aditivos para completar a composição vitamínica.

A silagem entra como um recurso para promoção de energia, enquanto o composto, além de vitaminas e minerais tem funções para regulagem de rúmen.

Enfim, muitos detalhes precisam ser observados para garantir a nutrição de vacas de leite.

Sendo assim, hoje vamos apontar 5 problemas que podem de fato, atrapalhar a produção de leite se a dieta não estiver adequada. Confira!

 

Problemas de nutrição do gado de leite recorrentes

 

1 –  Dieta com muita proteína

 

Uma dieta rica em proteína pode trazer prejuízos ao animal, prejudicando os rins e fígado.

Além disso, interferirá nas lactações futuras, reduzindo o volume de leite por ordenha.

Em síntese, e conforme a EMBRAPA, a proteína bruta na dieta de uma vaca de leite deve contemplar uma  média de 20%.

Sendo assim, o controle proteico na dieta é essencial e certamente a ajuda de um veterinário seria a melhor maneira de equilibrar na dieta do rebanho de leite a quantidade diária de proteína.

 

2 – Grande quantidade de fibra

 

Alimentos para vacas leiteiras ricos em fibras, diminuem o valor energético da ração, prejudicando a produção de leite.

O contrário também traz prejuízos, ou seja, dietas sem fibra podem ocasionar problemas metabólicos, queda no nível de gordura do leite, entre outras coisas.

3 – Dieta excessiva em carboidratos inadequados

O carboidrato é fundamental para a produção de energia,  no entanto, quando em excesso promove um aumento de gordura, trazendo problemas no metabolismo.

Entre esses problemas estão a acetonemia, mas conhecida como o crescimento de corpos cetônicos no organismo do animal.

Essa disfunção metabólica ocorre pela ingestão insuficiente de carboidratos precursores de glicose, ou seja, os ideias para evitar que ocorra o aumento da glicose.

 

4 –  Dieta pobre em gordura

 

A gordura na alimentação do gado de leite garante energia, além de reduzir os efeitos do calor excessivo em rebanhos especiais de alta produção.

Ela pode ser de fonte vegetal ou mesmo animal e deve-se observar o grau de saturação.

No entanto, a inclusão de gordura na alimentação não deve ser superior a 7%, em vacas ordenhadas e inferior a 6% para aquelas que estão em fase de parto e lactação.


5 – Oferta de água insuficiente

 

Considerando que mais de 85% da composição do leite é água, ela é realmente indispensável para tornar a nutrição do gado leiteiro efetiva.

Estima-se que uma vaca pode consumir até 190 litros de água por dia.

Naturalmente que isso tem variações, considerando interferências como clima, dieta, idade do animal, mas água de boa qualidade é indispensável para auxiliar a nutrição do gado de leite.

Enfim, vimos aqui 5 principais problemas de nutrição do gado de leite, vimos também que todo cuidado é primordial para o sucesso na ordenha.

Esperamos ter ajudado você a gerenciar seu rebanho, mas lembre-se que nada dispensa o acompanhamento de um especialista em nutrição bovina.

Porém, de máquinas para silagem, nós entendemos e é por isso que fazemos um convite para conhecer nossas ofertas especiais para ensiladeiras. Acesse e saiba mais!

O Nosso telefone fixo está sofrendo manutenção durante esta semana, entre em contato através do WhatsApp.